-->

1 de fevereiro de 2016

PLAC 03 - atividade 02 Produção da Narrativa Conclusiva


PLAC 03 - atividade 02


Produção da Narrativa Conclusiva 

Nossas narrativas digitais, segue os links para que possam conhecer um pouquinho das nossas experiências.

Tutora : Paula Balbis.

Professora cursista; Alexandra Voigt


Este é o Link para visualizar minha atividade 02 



Professora cursista; Lisangela Ribeiro

minha trajetória_ Lisangela Ribeiro

Um pouquinho da minha trajetória, segue o link

https://www.emaze.com/@AFCTZLTT/minha-trajetria.


Professora cursista; Taise Daniela Zacko Lipinski


Segue o link da atividade 2 - Minha Trajetória:
https://www.emaze.com/@AFFWZWIW/presentation-name
Até mais!

21 de dezembro de 2015

Projeto Faces da História

FELIZ NATAL


Projeto Faces da História

ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO NA CULTURA DIGITAL
PLAC 3
CURSISTA: Alexandra Voigt
TUTORA: Paula Balbis
Atividade 1/ ação 3

Projeto Faces da História
No primeiro momento eu apresentei a proposta aos alunos da turma 206, os alunos ficaram bastante empolgados em realizar este projeto, pois a grande maioria se sente muito a vontade em lidar com ferramentas tecnológicas.
Em seguida dividimos a sala em pequenos grupos e cada grupo escolheu um dos movimentos artísticos pré-selecionados pela professora.
O próximo passo foi realizar a pesquisa sobre os movimentos artísticos e como os retratos e autorretratos eram representados dentro de cada movimento. Levei os alunos na sala informatizada da escola. Nesta etapa a dificuldade que tivemos foi a impossibilidade de acessarmos o youtube para pesquisar vídeos sobre os movimentos artísticos e sobre os artistas, a página não carregava devido a velocidade da internet ser muito lenta. Então pesquisamos somente textos e imagens da internet e os vídeos eu compartilhei com os alunos através de um grupo que criamos no facebook.






Com as pesquisas concluídas passamos para o próximo passo. Os alunos tiraram seus autorretratos que servirão de base para a produção artística deles.





         
Na sequencia os alunos realizaram suas produções artísticas construindo retratos e autorretratos com características de cada movimento artístico selecionado, para isso foram usados programas de computação gráfica e aplicativos para Android.




       
Para concluir o projeto realizamos um livro digital e impresso.



Segue Link do vídeo

12 de dezembro de 2015

EDUCAÇÃO DIGITAL ATIVIDADE 01 AÇÃO 03



PLAC 3
TUTORA: Paula Balbis
CURSISTA: Lisangela Ribeiro

Atividade 01: Ação 03 / Avaliação da Experiência

O maior avanço a ser destacado e o uso do celular em atividades pedagógicas, o primeiro passo foi conscientizar o aluno sobre o seu uso em sala, explicando o compromisso de cada um com o trabalho, uma vez que no regulamento interno da escola é proibido, ressaltei que não estávamos desrespeitando as regras, se tratava de uma atividade dirigida com cunho pedagógico e apoio da direção da escola. Foi criado um grupo de whatsApp para comunicação pois só em sala de aula o tempo ficaria muito escasso. A Professora de História e o Professor de Filosofia contribuíram com o nosso trabalho e esse auxilio foi essencial para conclusão do mesmo, pois o 4º bimestre e muito curto e havia programação escolar envolvendo os alunos para  integração dentro e fora da escola.
Na parte pratica os alunos se mostraram empolgados, que contrapõem com a teórica que estavam menos animados, mas se faz necessário, para que se tenha uma compreensão do objetivo do trabalho. As meninas no geral demostraram mais intimidade com autorretratos e manipulação de imagens, realizados com foto e os meninos no começo estavam mais acanhados e foram se entregando ao trabalho aos poucos, surgiram as fotos e manipulação das imagens incríveis.
Em conversa com os alunos ficou evidente como eles estavam gostando de integrar as TDICs ao processo ensino aprendizagem, pois poder deixar de lado um pouquinho o quadro negro, giz e livros foi inusitados para muitos, deixei bem a vontade a escolha de que tipo de linguagem artística  que cada um ou cada grupo iria trabalhar ou qual TDICs faria uso.
O primeiro desafio que enfrentei perante esta atividade foi a o sistema operacional oferecido pelo Estado não comporta alguns programas de edição gráfica, a internet lenta não permite o acesso de vídeos do youtube, computadores que não funcionam, para complicar a situação precisava conseguir assistências de professores para trabalhar a parte teórica sobre identidade para que eu pudesse integrar com o tema autorretrato buscando otimizar o tempo.
Agora na fase final tenho que destacar que e possível concretizar projetos dentro das escolas, sem colocarmos a desculpa de não conseguirmos pela falta de estrutura, pois a escola que apliquei o projeto em relação a esse item e precária, uma vez que e um prédio emprestado e não podemos fazer qualquer tipo de intervenção e o espaço que podemos interagir e bem limitado, devido a isso as parte das TDICs e pequeno e sem muitos equipamentos, a escola esta para mudar para prédio próprio e essa realidade tente a se transformar pois a escola já esta adquirindo mais TDICs, mas por enquanto a profissional desse departamento faz milagre para nos atender e tentar nos auxiliar.
Aproveitar e tirar proveito do celular para as atividades também foi algo que e preciso enaltecer, pois quando os alunos estão motivados e possuem conhecimento prévio se sentem a vontade em demonstrar suas habilidades e gostam de ensinar o que já sabem, foi isso que pude observar com as TDICs utilizadas, apresentaram destreza no solicitado e satisfação em mostrar o resultado. Paulo freire já nos dizia que respeitar os saberes dos alunos, conhecer a realidade na qual estão inseridos é um princípio básico do professor, é preciso estabelecer uma relação direta entre conteúdo e realidade. Foi isso que conseguimos construir uma aprendizagem ser monótona, cansativa e desinteressante e principalmente sem significado. Segue uma imagens realizadas, mas tem vídeos produzidos por eles logo mais posto o trabalho completo.





EDUCAÇÃO DIGITAL ATIVIDADE 01 AÇÃO 01



CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM EDUCAÇÃO NA CULTURA DIGITAL – UFSC
PLAC 3 – Tutora Paula Balbis
ESCOLA: EEB PROFº JOSÉ DUARTE MAGALHÃES
PROFESSORA CURSISTA: Lisangela Ribeiro

Atividade 1 – ação 1-/ o que será realizado

Analisei as propostas e conclui que poderia estar agregando mais a minha comunidade escolar se trabalhasse o retrato, autorretrato e manipulação de imagem, tendo como ponto de partida o tema à identidade. Optei em realizar o projeto com 3º ano do Ensino Médio. Fui motivada após fazer uma sondagem se já tinham planos futuros, se trabalham e que faziam no final de semana, percebi que havia muitos que esperam alguém decidir por eles, isso fez a diferença no meu planejamento.
Enquanto alguns não gostam de tirar fotos e nem querem que suas fotos sejam expostas há um grande grupo que adoram uma Selfie,  esse tipo de foto está cada vez mais sendo utilizadas nos círculos sociais.
Primeiro passo: Trabalhar em de forma interdisciplinar com os professores de filosofia e história, esse trabalharão o tema identidade, grupos sociais, preconceitos, ego buscando fazer o aluno refletir sobre e de contra mão eu inicio com a parte teórica da historia da arte referente a retrato e autorretrato, manipulação de imagens, dentro de movimentos artísticos como Renascimento, Impressionismo, Expressionismo, Cubismo, Surrealismo, Pop Art, Grafit e arte Contemporânea, contextualizando as mesmas dentro de uma linha do tempo para que fique nítida a diferença de uma época para outra, procurando explorar as diferentes formas de autorretrato e aproveitando e explorando também o material disponível no núcleo especifico.
Após apreciar diferentes retratos e autorretratos com os alunos, em grupo solicitar que os alunos escolham o que mais gostaram e pedir para que justifiquem o porquê no grande no grupo, vamos conversar sobre diferenças e igualdades entre uma e outra imagem selecionada.
 Em dupla realizar o retrato do colega primeiramente através do desenho, ou um autorretrato com sefie tirada com o celular.
Em seguida os alunos vão trabalhar com o celular, cada um deve tirar um autorretrato e ou retrato de um colega, não pode ser qualquer imagem é uma fotografia pensada, que realmente possa retratar a pessoa.
Momento de compartilhar o que cada produziu ate agora, as imagens podem ser apresentadas para os demais colegas, utilizando-se do data show.
Após apreciar as imagens, vamos partir para a manipulação de imagens, primeiramente explicando para os alunos que é uma foto fake, apreciar algumas, como partida pode se utilizar do exemplo dado no núcleo especifico do cartaz de filme (pôsteres).
Após os alunos já terem discutido e trabalhado o tema identidade no geral nas demais disciplinas, pedir para que façam autorretratos e ou retratos podendo se utilizar de diferentes linguagens artísticas podendo ser imagens manipuladas, música, vídeos, fotos.
Após esta experiência construiremos uma espécie de livro digital com as imagens e vídeo com material coletado, conhecendo e se conhecendo um pouquinho mais através do nosso e do outro olhar.
Cada grupo com material em mãos, ira verificar dentro da historia da arte a qual movimentos artísticos suas imagens poderiam ser atribuídas, e quais as características que justificam isso.
Ao final do trabalho espero ter contribuído para que eles se conheçam melhor, procurem superar seus medos e notar que todos têm defeitos e qualidades e cada um é único.

11 de dezembro de 2015

Horário dos Exames 2015

Segue Horário dos Exames de 2015, dias 15,16 e 17 de Dezembro.


FUNDAMENTAL

Vespertino                                             Matutino  
             



ENSINO MÉDIO

1º Ano                                                2º Ano                                                3º Ano 
                        



1 de dezembro de 2015

Roteiro de Estudos para o Exame Final (ENSINO FUNDAMENTAL)


ROTEIRO DE ESTUDOS PARA O EXAME FINAL DOS 7 ANO
(Clique na turma para baixar o arquivo com os conteúdos.)

 701 

---------------------------------------------------------------------------
ROTEIRO DE ESTUDOS PARA O EXAME FINAL DOS 8 ANOS
(Clique na turma para baixar o arquivo com os conteúdos.)

 801    802 

---------------------------------------------------------------------------
ROTEIRO DE ESTUDOS PARA O EXAME FINAL DOS 9 ANOS
(Clique na turma para baixar o arquivo com os conteúdos.)

 901    902 

 

30 de novembro de 2015

Roteiro de Estudos para o Exame Final (ENSINO MÉDIO)


ROTEIRO DE ESTUDOS PARA O EXAME FINAL DOS 1 ANOS
(Clique na turma para baixar o arquivo com os conteúdos.)

 101    102    103    104    105    106    107 

 108    109    110    111    112    113    114 

---------------------------------------------------------------------------
ROTEIRO DE ESTUDOS PARA O EXAME FINAL DOS 2 ANOS
(Clique na turma para baixar o arquivo com os conteúdos.)

 201    202    203    204    205   

 206    207    208    209    210   


---------------------------------------------------------------------------
ROTEIRO DE ESTUDOS PARA O EXAME FINAL DOS 3 ANOS
(Clique na turma para baixar o arquivo com os conteúdos.)

 301    302    303    304 

  305    306    307    308  

25 de novembro de 2015

Aprendendo a pesquisar

    Os alunos do 8º 02 desenvolveram um projeto de pesquisa orientado pela professora Isabeli Mazzon Milani.

     O projeto consistiu em montar um questionário sobre o assunto de preferência dos grupos (desde que fosse relacionado ao meio ambiente), e após montar esse questionário, eles aplicaram em diversas pessoas.

     Com as respostas obtidas os alunos deveriam montar uma tabela, e em seguida fazer a compreensão dos resultados da pesquisa e montar um relatório.

     O trabalho foi um sucesso, vários colaboradores da escola aceitaram participar das pesquisas dos alunos, e os estudantes conseguiram analisar com louvor os dados captados nas entrevistas.







Paródia e sua contribuição para a Matemática

     A paródia ganhou um papel significativo nas aulas de Matemática de nossa escola. Músicas populares foram transformadas em conceitos abordados pela disciplina.

     A utilização de paródias em sala de aula requer grande comprometimento por parte do professor e aluno. A professora estimulou os alunos a encarar o desafio e assim iniciar as atividades. Os alunos escolheram um tema estudado durante o ano e também outros que são muito utilizados como regra de sinais, por exemplo. Mas a grande maioria aderiu ao juros simples.

     Com as músicas e os conteúdos escolhidos, iniciou-se então, o desenvolvimento das letras com o auxílio da professora. Após isso, os alunos utilizaram recursos tecnológicos como câmeras digitais, celulares, editor de texto, de áudio e imagem, pois todas as paródias foram apresentadas em vídeos.

     Os resultados obtidos foram excelentes, os alunos além de ressaltar a criatividade, propiciaram um ambiente descontraído sem perder o foco no conhecimento e assim diversificar e contextualizar a aprendizagem através da música e do uso de tecnologias. Algumas paródias fizeram muito sucesso na escola, descobrimos muitos alunos talentosos também.

     Foco, trabalho em equipe, empenho e dedicação, contribuíram para um resultado excelente. Dedicação é como uma semente, que se planta hoje, para colher bons frutos amanhã.

Parabéns Segundos Anos, estou muito orgulhosa e feliz pelos resultados.

Obrigada, 
Professora Mirela Souza.